Chuva, uma aliada ou um problema para os pecuaristas?

O ano de 2019 começou sinalizando altas temperaturas no Brasil central, o que registrou ao longo das primeiras semanas forte estiagem e em algumas regiões do país problemas com umidade do solo. Entretanto ao longo dos meses de fevereiro e, principalmente março, a precipitação voltou a atingir níveis elevados favorecendo em algumas regiões a manutenção de pastagens e consequentemente um suporte de alimentos que ajudam pecuaristas a equilibrar seus custos com alimentação. Esse movimento tem reflexo no mercado de preços ao produtor.

Posts recentes

pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese